quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Perdi-me no infinito do teu olhar...


Sinto-me dividida,
Entre a ilusão e a realidade...
A linha do meu horizonte cruzou-se com a do teu olhar,
Pedi para o tempo parar,
Mas ele não me ouviu...
Ter-te junto a mim foi magico...
Lembrar cada olhar, cada toque, cada palavra,
Faz-me querer acreditar que foi real...
Mas a distancia e o silêncio,
Apenas me levam a acreditar que foi um sonho...
Um sonho em que te observei,
Senti o teu aconchego,
O calor do teu beijo...
O teu amor...
E isso apenas me faz,
Querer voltar a perder em ti...
Se és sonho...sonho-te todas as noites...
Porque acredito que caminho até ti lentamente...
Para me refugiar nos teus braços...
E ficar a espera que o tempo passe,
Sem medo de te voltar a perder...

8 comentários:

OLHAR VAGABUNDO disse...

beijo bom e vagabundo linda sonhadora...

ci disse...

vagabundo- Outro para ti "Vagabundo" de sonhos...

Jorge Cardoso disse...

olá Ci excelente momento musical com uma poesia de companhia embalando os sentidos das frases que não se dizem...apenas se murmuram!

beijinho querida...

ci disse...

jorge- o que esta nas entrelinhas é mistério...:)

beijo da ci

aqui-há-gato disse...

Amo as tuas palavras...



O Gato

ci disse...

Gato- também amo cada uma das que escrevo...:)

beijo da ci

Genesis disse...

Divide-se o sonho, divide-se o sorriso, divide-se o coração, tudo enfim, por alguém que nos cativa e nos faz sentir vivos, a tal ponto de não sabermos separar o real do imaginário, um estado de espírito um tanto quanto confuso, mas que não precisamos entender, apenas sentir e viver, esse estado se chama AMOR.

Beijos a ti

*Permita-me dizer que gostei muito das tuas fotos.

ci disse...

genesis- estarei apaixonada?

beijo da ci