segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Em ti...

Nos meus sonhos foste ganhando vida,
Não estavas ao alcance do meu olhar,
Nem tão pouco te sentia,
Mas acreditava em ti...
Hoje sonho-te,
Mesmo acordada...
Fiz do teu olhar,
O sol que me aquece a alma...
Fiz da tua boca,
Fonte de agua que me refresca a cada instante...
Fiz do teu sorriso,
O caminho que percorro cada dia até ti...
Fiz das tuas mãos,
A brisa que me refresca pela manha...
Fiz do teu abraço,
O manto protector,que me envolve nos meus sonhos...
Fiz em ti o meu destino incerto...

5 comentários:

Vítor Amado disse...

"Fiz da tua boca,
Fonte de agua que me refresca a cada instante..."

Tens uma boca linda...
Parabéns pelos poemas..
beijo

ci disse...

Vitor amado-Digamos que ela gostava de ser fonte de frescura para alguém...

beijo da ci

Vítor Amado disse...

ci: não acredito que não haja ainda a quem seja fonte de frescura...

Alberto Nobre disse...

A música identifica-te, e tu, na música das palavras... és eloquente
E eu? Perdido na música, nos textos que teimam em permanecer no prelo.
O ponto fulcral do apoio, apesar de eloquente e musical
Nunca foi, nem por hipótese, uma ópera sem elenco.

ci disse...

al- tb adoro a musica...é linda nao é...

beijo da ci