segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Dor sem fim?

Por vezes falham as palavras...
Os sorrisos ficam escondidos,
Pelas lágrimas que não conseguimos conter...
Dizem que toda a dor tem um fim,
E que cada lágrima derramada,
Um dia será uma gargalhada sentida...
Fecho-me como um livro,
Fico a espera que o tempo,
Volte a me dar vontade,
De me abrir para a vida...
Ou que simplesmente me dê,
Alguém que seja capaz de me ler até ao fim...
A vida é tão difícil de ser vivida...
Por isso não me entendo...
E ninguém me entende...

20 comentários:

OLHAR VAGABUNDO disse...

olá ci...
tambem me pareces um pouco em baixo...
e gosto da tatoo heheheh

beijo vagabundo

ci disse...

Ando a beira de um esgotamento nervoso...o que me vale vou de férias ainda esta semana... mas até la os dias têm se tornado longos...:(
Eu também gosto dela...ou nao fosse eu a autora...eh eh

beijo da ci

Rafeiro Perfumado disse...

A vida é um iô-iô, por vezes temos de ter paciência que ela comece a subir. Beijo e nada de desanimar!

ci disse...

Rafi-a vida é tao cruel as vezes...

beijo da ci

Marta disse...

Olá,
Primeira vez que visito o teu espaço.
Gostei deste poema, e pelo que li noto que estás um pouco em baixo, mas quem sabe "um dia será uma gargalhada sentida..."

Beijinho

ci disse...

marta- bem vinda...estou esgotada...numa fase mais dificil...

Bem vinda...:)

beijo da ci

pb disse...

Minha queirda, a vida é assim mesmo, feita de altos e baixos, o segredo é cada vez que nos levantamos, virmos mais fortes e decididos a subir um cadinho mais alto. Espero que te levantes rapidamente e com muita força. Um beijinho

PS: a tatoo é gira !!

Cidchen disse...

Olá Ci,
acreditas que me sinto na mesma pele que as tuas palavras?
Mas a minha razão é mais por já não estar de férias, por já me encontrar aqui neste país acolhedor... por isso só te desejo que ganhes força e te divirtas muito nas tuas férias!
Um grande beijinho

ci disse...

pb- Também gosto muito...:)
Isto vai passar...:)

beijo da ci

ci disse...

cidchen- Vai me fazer bem e recuperar forças...:)

beijos da ci

Jedi Master Atomic disse...

Vá, anda para cá para eu te fazer umas maldades....lol

Carlos disse...

Olá CI,

tens toda a razão do Mundo, ás vezes ninguém nos entende, parece que somos aves raras....
deixo-te um beijinho e um sorriso

:)

ci disse...

jedi- looool eu bem digo tu e as tuas teorias...

beijo da ci

ci disse...

Carlos- as vezes é mesmo assim...aves de rapina eh eh

beijo da ci

Nanny disse...

Andamos na "montanha russa" de emoções? Acontece, linda! Tu sabes bem...

Mas temos de sorrir e seguir em frente, é isso que faz de nós quem somos!

Beijinhos grandes da miana, e vê lá se apareces por Lisboa

Jorge Cardoso disse...

"Fecho-me como um livro,

os livros foram feitos para se abrirem a cada página da nossa vida, por isso não feches o teu já que ele tem muito para contar!

beijo C/Carimbo ou C/Face Oculta...

O Profeta disse...

Fecham-se as janelas de poente
Acenderam-se os luzeiros no céu
A cidade desperta para o arraial
Uma noiva procura o perdido véu

Os acordes da Banda no Coreto
Uma tuba marca o compasso
O clarinete dança na calmaria
O Maestro solta gestos no espaço


Bom fim de semana


Mágico beijo

Sleeping Angel disse...

olá ci bem ja cá não vinha algum tempo mas e sempre bom ver que continuas escultural ha ha bem gosto da tua tatu ficas muito sensual com ela bjcas na boxexa

Nilson Barcelli disse...

Este teu poema é simultaneamente triste e belo.
Triste, porque não te entendes.
Belo porque as tuas palavras, que não falham..., conseguem desenhar um estado de alma com bastante nitidez.
Gostei de ler o teu poema.
Mas a dor tem mesmo fim.

Beijinhos.

José Manuel Brazão disse...

Minha querida Amiga
Vim visitar-me.
Gostei da apresentação.
Tens um sorriso do tamanho do Mundo (elogio de poeta charmoso)!

Beijinhos